Aumenta número de cidades brasileiras livres da técnica do fraturamento hidráulico (FRACKING)

    Em decisão inédita do país, Arapongas (PR) proíbe exploração de gás de xisto antes de ANP leiloar o subsolo. Mais de 60 cidades baniram a técnica do fraturamento hidráulico que já está proibida em dezenas de países e amarga falência dos EUA. Por unanimidade, os vereadores de Arapongas aprovaram na noite desta terça-feira, 16, o projeto de Lei 08/2016 que proíbe a exploração de gás de xisto por fraturamento hidráulico, método

Fraturamento hidráulico (FRACKING) ameaça reservas subterrâneas de água do Brasil

    Sem água não há produção de alimentos, trabalho e saúde, não há vida. Fundamental para a sobrevivência de todas as espécies, a preservação das reservas subterrâneas de água é a garantia de que a vida como conhecemos hoje será possível no futuro. E esta proteção não é possível nos locais onde há exploração do gás de xisto pelo método não convencional chamado fraturamento hidráulico, ou FRACKING em inglês. A preocupação só

Para evitar FRACKING sobre o Aquífero Guarani, ambientalistas impedem avanço de caminhões ‘vibradores’ para o Uruguai

  Um grupo de ambientalistas das cidades de Concordia, Colón, Concepción del Uruguay e Chajarí (Argentina) evitou no último final de semana que um comboio de caminhões ‘vibradores’ e sísmica geológica seguisse da Argentina para o Uruguai. Estacionados próximo à rodovia que dá acesso à Rota 015, os caminhões foram impedidos de seguir viagem para a região onde seriam realizados testes ‘sísmicos’ para detectar presença de xisto e possibilitar a exploração

Terremotos induzidos por ‘fracking’, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] O fenômeno natural dos terremotos tem suas forças motrizes completamente dissecadas a partir da plena aceitação e consensualidade da teoria da tectônica de placas, também chamada de espalhamento de fundo oceânico, ou “sea floor spreading”. Terremotos, acompanhado de manifestações vulcânicas, pontuais ou fissurais, tendem a ser ocorrências conjuntas nas chamadas zonas de criação e zonas de consumo e subducção. Zonas de criação são as mesmas que geram placas oceânicas de

Audiência pública debate que o fracking, usado na exploração de gás de xisto, oferece sérios riscos

    Após dois dias de intensos debates sobre os impactos e riscos que o fraturamento hidráulico, o fracking, tecnologia altamente poluente e perigosa usada para exploração de gás de xisto, deputados estaduais, prefeitos, vereadores, técnicos, entidades do setor produtivo, acadêmicos, ambientalistas e representantes da sociedade civil foram unânimes: Os princípios da precaução e prevenção devem prevalecer no caso do fracking, pois esta atividade oferece severos riscos ambientais, econômicos e sociais. Os representantes da

Fracking – Seminário debate impactos ambientais causados pela exploração de gás de xisto

Especialistas mostraram posições favoráveis e contrárias à exploração de hidrocarbonetos de reservatório não convencional, por meio do fraturamento hidráulico Membros do Ministério Público Federal (MPF), representantes do governo e especialistas da área debateram, nesta quinta-feira, 1º de outubro, a exploração e produção de hidrocarbonetos de reservatórios não convencionais, por meio de fraturamento hidráulico. Esse recurso energético é comumente referido como gás de folhelho e gás de xisto, apesar também ser possível

4 de Outubro: Mobilização e Campanha ‘Vamos dizer NÃO ao fracking no Brasil’

    Em 04 de Outubro, o Brasil e o mundo vão mostrar que o fracking não é bem-vindo em nosso país. Neste dia, um domingo, haverá ampla mobilização internacional de apoio à luta brasileira contra o fraturamento hidráulico, também conhecido por FRACKING. Em 2013 o Governo Federal do Brasil, realizou o 12º Leilão de blocos do folhelho de Xisto, para exploração de gás não convencional, impondo severos riscos à população. Fracking é um

Sete razões para você se preocupar com Fracking

    Enquanto o mundo investe em energias de baixo carbono e no desinvestimento em combustíveis fósseis, o Governo Brasileiro insiste em explorar comercialmente o gás do xisto através de operações de fracking. O fraturamento hidráulico, conhecido como fracking, é a tecnologia utilizada para a extração do gás do folhelho pirobetuminoso de xisto. Fracking consiste na perfuração profunda do solo para inserir uma tubulação por onde é injetada, sob altíssima pressão, entre 7 a

Governo alemão decide liberar o fraturamento hidráulico (fracking)

  Fraturamento hidráulico, técnica polêmica de extração de combustível do subsolo, só será permitido em áreas restritas e para fins de teste. Projeto é alvo de críticas mesmo dentro do governo.     O governo da Alemanha decidiu nesta quarta-feira (01/04) permitir o fraturamento hidráulico (também conhecida como fracking), polêmica técnica de extração de combustível do subsolo, mas somente em áreas restritas e para fins de teste. De acordo com a proposta do governo, a

Dossiê EcoDebate: Riscos e impactos socioambientais da exploração do gás de xisto (shale gas) por fracking

    Exploração do gás de xisto ameaça qualidade da água no Brasil Publicado em agosto 14, 2014 por Redação     Rocha a ser fraturada encontra-se a algumas centenas de metros abaixo do aquífero Guarani, que teria riscos de ser contaminado   De onde vem e para onde vai a água utilizada na exploração do gás de xisto? Essas questões geram frequentes polêmicas e debates, uma vez que produtos químicos são utilizados nesse tipo

A propósito do fracking. A decisiva importância da ciência crítica e as mobilizações cidadãs

  O que é do conhecimento de todas e todos: o fracking [fraturamento hidráulico] é uma técnica, difundida em alguns países do mundo (especialmente em Imperial, EUA), que consiste em perfurar o subsolo e injetar água a pressão misturada com areia e substâncias químicas (geralmente desconhecidas em seus detalhes) para liberar o gás de xisto que se encontra nas rochas betuminosas. Perguntas sobre esta nova técnica fáustica de base científica? Muitas:

Riscos e ameaças da produção de gás de xisto por fratura hidráulica (fracking)

  Clique nos links para acessar as matérias/artigos/entrevistas:   Produção de gás de xisto (shale gás) por fracking: aquíferos em risco Fraturamento hidráulico (fracking): como é viver próximo a poços de gás de xisto Gás de xisto no Brasil: os problemas que se avizinham, artigo de Raul do Valle Indústria do Gás de Xisto é nova frente de riscos exploratórios e conflitos, por Oswaldo Sevá Cientistas querem adiar exploração do gás de xisto nas bacias hidrográficas brasileiras Gás

Top