Defender os biomas brasileiros. ‘Não podemos abdicar de nossa tarefa’, alerta Roberto Malvezzi (Gogó)

  IHU     A riqueza e a biodiversidade nos biomas brasileiros são imensas, mas os desafios frente a sua sistemática dilapidação são gigantescos. Buscar alternativas a esse sistema predatório é mais que urgente. “Não podemos abdicar de nossa tarefa”, afirma o ambientalista Roberto Malvezzi (Gogó), filósofo, teólogo, escritor e compositor. Trata-se de alguém forjado na luta que, desde inícios dos anos 1980, enraizou-se no nordeste brasileiro. Reside em Juazeiro, na Bahia, mas percorre

Aos que estão desanimados, por Roberto Malvezzi (Gogó)

    Escrevo para mim mesmo e tantos outros que estão como eu. A imposição ditatorial dos valores e regras do extremo liberalismo sobre o povo brasileiro sem que tenhamos qualquer possibilidade aparente de defesa, jogou um mar de pessimismo e imobilidade sobre as multidões. Como pessoas desse povo, também é impossível escapar ilesos. Mas, para quem está desanimado, é preciso lembrar outras situações. Lembre-se dos milhões de pessoas que estão sendo violentadas e assassinadas

O Brasil ficou mais transparente, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] O governo das grandes corporações econômicas se chama neoliberalismo. Sabíamos dessa realidade, mas hoje podemos dar claramente nome aos bois. A classe política é apenas sua executiva e o judiciário seu guardião, embora sempre haja contradições. No Brasil ficou clara essa realidade quando vemos as empresas financiarem as campanhas de seus candidatos, quando compram as medidas provisórias dos seus interesses, quando pagam propinas e fazem mimos aos agentes públicos também conforme

Rupturas nos canais da Transposição, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

  Imagem: Instituto Humanitas Unisinos - IHU   [EcoDebate] Mais uma vez o canal do Eixo Leste da Transposição do São Francisco se rompeu nesse fim de semana. As imagens e vídeos da ruptura estão pela internet. Diante desses fatos até mesmo o jornalismo paraibano começa questionar a qualidade técnica da obra realizada. Afinal, com os canais expostos há tantos anos ao sol do sertão, sendo remendados várias vezes, sempre restava uma interrogação sobre

Os golpes invisíveis do Golpe, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Tem uma série de golpes contra o povo, promovidos pelo Golpe de 2016, que a sociedade não vê claramente, mas que já impactam a vida das populações mais vulneráveis. Os cortes na saúde já chegaram dentro dos hospitais. Com uma pessoa da família enferma, pudemos ver que faltava até gaze para fazer os curativos. Os profissionais pediam que as famílias comprassem os materiais necessários para os cuidados devidos. Médicos de um

Por que pobre tem corpo? por Roberto Malvezzi (Gogó)

    Lembrando Carajás, Redenção, lembrando... Por que pobre tem corpo? Por Roberto Malvezzi (Gogó) Por que pobre tem corpo? O corpo é carne O corpo é água O corpo é ar O corpo é terra O corpo é sexo O corpo sente O corpo deseja O corpo nasce O corpo cresce O corpo adoece O corpo envelhece O corpo morre. Por que pobre tem corpo? O corpo come O corpo bebe Precisa de teto Precisa de espaço Precisa de roupa De banho Sapato Cuidado O corpo cheira O corpo fede O corpo apodrece O corpo incomoda Não tivesse corpo O pobre

O dia em que a hipocrisia perdeu, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Finalmente o barco Temer afundou. Uma hipocrisia monumental como essa não tinha como durar, ainda que protegida pela mídia e pela justiça de Curitiba. Se Temer continua aí como um cadáver ambulante, um walking dead, tanto fez como faz. Seu governo morreu e ele também. O estrago é incalculável e só a história dirá em que abismo os golpistas meteram o povo brasileiro. Aécio suspenso do mandato, irmã dele presa,

Deputados e senadores na mira do povo, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Cresce em todos os recantos do Brasil – ouço isso da Amazônia ao Apodi, passando pelo Pampa Gaúcho – a ideia de marcar severamente todos os deputados e senadores que votaram pelo golpe de 2016 e, principalmente, aqueles que estão votando contra o povo brasileiro. Vamos ilustrar claramente onde votam contra o povo: PEC do fim do mundo que congelou os gastos de saúde e educação por vinte anos; reforma

A humildade socioambiental, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    Foi a natureza que lhe deu a água que bebe O ar que você respira A biodiversidade que lhe sustenta O clima ameno que lhe permite viver Foi o operário que fez o ônibus ou o carro que você anda Foi o agricultor que cultivou o alimento que você come Foi o padeiro que fez o pão de sua mesa Foi uma equipe de engenheiros que imaginou o celular que você usa O avião que você voa A ponte

Discernimentos para o momento atual, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] A filosofia nos ensinava que o “bom filósofo sabe distinguir”. Na Teologia o discernimento é um dom do Espírito Santo. Porém, discernir não é apenas um ato racional como quer a filosofia, mas buscar com reta intenção e reto coração o que é justo e bom. Então, vamos a alguns discernimentos para o momento atual brasileiro: Primeiro, todos os grandes partidos – inclusive grande parte dos menores - se utilizaram fartamente do

O poder dos corruptores, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] A Odebrecht montou um esquema estruturado de propina. Um delator denunciou que “havia um certo prazer de comprar”. Já não era sequer a velha prática das empresas de comprar agentes públicos conforme seus interesses, mas a satisfação de ver tanta gente “comer na mão”. A prática existe há trinta anos, segundo Emílio. Ele fala rindo, sabendo que tem nas mãos a cabeça de muita gente. Portanto, outros governos também sucumbiram

Denunciar as reformas do governo Temer nas missas, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Estávamos no auge do Regime Militar. A tortura e as mortes aconteciam sem que a sociedade soubesse. Então, num sábado à noite, D. Paulo Evaristo Arns foi celebrar uma missa na Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Jardim Paulistano, São Paulo. Ali, numa roda miúda, nos disse que um jornalista tinha sido assassinado nas dependências do Exército. Era Vladimir Herzog. Então, a Arquidiocese de São Paulo tinha lançado

Top